Dia Internacional da paz (parte II)

A Associação Comercial de São Paulo (ACSP) em parceria com outras organizações, incluindo a Federação para a Paz Universal promoveram, no dia 21 de setembro, um Ato Inter-religioso em comemoração ao Dia Internacional da Paz com os seguintes representantes:

Reverendo Kazuya Nagashima, Budismo; Pe Edson Aparecido Igreja Vétero-Católica; Mahesvara, Hinduísmo; Reverendo Christian Lepelletier, Unificacionism; Rabino More Ventura, Judaísmo; Sheik Mohamad Al Bukal, Islamismo; Pe Carlos Contieri, Jesuíta do Catolicismo Romano; Sra. Marly Pedra, Universalismo e Sra. Simone Ramounoulou, da Iniciativa das Religiões Unidas (URI).

No início da cerimônia o cantor Luigi Benutti apresentou um repertório de canções italianas e o coral da LBV (Legião da Boa Vontade), dirigido pelo maestro Nilton Duarte cantou o Hino Nacional.

O Sr. Roberto Mateus Ordine, vice-presidente da ACSP falou sobre a importância do dia e disse que é preciso experimentar o espírito da paz. O Sr. Pedro Paulo Trindade, o conselheiro Cultural da ACSP, leu a mensagem da ONU e disse:

"Para alguns de nós, a paz é uma realidade quotidiana. Nossas ruas são seguras e nossas crianças vão à escola. Quando a sociedade é saudável, o dom precioso da paz é quase despercebido. Mas, para muitas pessoas, no mundo de hoje, a paz é um sonho inalcançável. Eles estão vivendo como prisioneiros do medo e da insegurança. Estes são a principal razão deste dia."

O Sr. Gaetano Brancati, fundador do projeto do monumento Marco da Paz e o Sr. Roberto Mateus Ordine homenegearam as seguintes personalidades com a réplica do monumento da paz:

Reverendo Elias de Andrade, pastor da Igreja Presbiteriana independente e fundador da casa de religiões, o Sr. Osvaldo Marchesi e seu filho Júnior da empresa de comunicação Grafite, Sr. Luiz Oberban Liporoni, superintendente da Associação para Assistência de Crianças com Deficiência (AACD), representando a presidente Reina Helena Vellosso, Sr. Marcos Evangelista de Morais (Cafú), fundador da Fundação Cafu, O coronel Roberval Ferreira França, comandante geral da polícia militar do estado de São Paulo e Yara Esmeralda Di Arena, diretor do Colégio INACI.

A Orquestra de violinos "Viva a Vila", de Bragança Paulista, dirigido pelo maestro Roberto Marin apresentou durante a comemoração a canção "Unidos pela paz", escrita por Brancati Luigi foi apresentada pela primeira vez publicamente.

Link das Fotos:
https://plus.google.com/u/0/photos/116318122783288436070/albums/5792172418803640721